03/08/15

Assu realiza a VIII Conferência Municipal da Assistência Social a partir desta segunda, 03

A Prefeitura do Assu conjuntamente com o Conselho Municipal da Assistência Social – CMAS abrem nesta segunda-feira (03), às 19h, no auditório João Marcolino de Vasconcelos da Câmara Municipal do Assu, a VIII Conferência Municipal da Assistência Social.

A conferência tem o objetivo de avaliar a situação atual da Assistência Social e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, em especial os avanços do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, e eleger delegados para a X Conferência Estadual da Assistência Social.

A programação prosseguirá durante essa terça-feira (04), das 08h às 17h, com os trabalhos sob a coordenação da Comissão Organizadora da Conferência Municipal, com apoio da secretaria municipal do Desenvolvimento Social e da Habitação, dirigida por Delkiza Cavalcante (foto).

Por Alderi Dantas, 03/08/2015 às 07:54

02/08/15

ARTIGO

Mar de lama inunda o país

Por Cláudia Santa RosaProfessora, especialista em Psicopedagogia, Mestre e Doutora em Educação

Não, não me venham dizer que tudo começou agora, que a corrupção esteve distante da cozinha do poder, em tempos de Brasil alheio ao Lulismo. Por outro lado, de mim não esperem a passividade que um dia aprendi que seria alienação política. Não, não me apetece, absolutamente, vedar os olhos, tampouco me estupefar como se vivêssemos algo completamente novo, o extraordinário.

O Brasil atravessa um momento delicadíssimo.

Um mar de lama transborda de dentro para fora e de fora para dentro do Governo Federal, deixando um rastro de incertezas sobre o que restará de uma nação que tenta aprender sobre democracia, imersa em escândalos de corrupção e desvios do que é público em favor do privado.

A lama degrada, envergonha, forma crostas alimentadas por esquemas de corrupção, tão antigos quanto possa ser considerada a nossa jovem República. Ao brasileiro tem restado o sentimento de vergonha e revolta, especialmente quando se verifica a facilidade com que alguns acumulam riquezas, edificam projetos de perpetuação no poder, desfrutam de mordomias, cativam o que um dia foi objeto de indignação pública.

Nas eleições de 2014, as urnas deram os seus recados e por muito pouco não ocorreu alternância de poder. Presenciou-se a mais autêntica forma de protesto, realizado por quase 50% dos eleitores brasileiros. Porém, carece não esquecermos que o movimento das urnas nasceu nas ruas, nas manifestações que eclodiram de norte a sul do país, ainda em 2013. Passadas as eleições, o sentimento de indignação retornou aos grotões reais e virtuais, embora sem a mesma vitalidade de antes.

Tenho uma hipótese: parte das situações vexatórias impostas ao Brasil é sustentada pela histórica prática de rateio de cargos públicos, objetivando acomodar políticos sem mandatos, parentes e afilhados de lideranças partidárias ou de financiadores de campanhas. É evidente que aqui eu não generalizo, absolutamente, apenas realço o grau de implicação dessas pessoas com quem as protege. Elas são milhares, espalhadas por todo país, um verdadeiro exército pronto para seguir uma espécie de cartilha de práticas pouco republicanas.

Velhas práticas se perpetuam. Os cargos comissionados e as funções gratificadas são tantas que a cada suposta exoneração, apenas ocorre troca de nomes. Salvo exceções, saem uns e assumem outros “convertidos”, dispostos, no mínimo, a defenderem que os indicou. Assim, segue o Brasil: refém da lentidão da Justiça e dos órgãos de controle. A impunidade e os vícios prosperam, o ciclo se refaz.

Do mesmo modo, se mostra perverso o quadro de subserviência do Legislativo em relação ao Executivo. Em nome de manter a maioria em votações polêmicas e evitar, por exemplo, as instalações de CPIs, o Governo faz concessões aos parlamentares “aliados”. Comenta-se que as ofertas, no âmbito do toma lá-dá-cá, envolvem, sobretudo, obras e cargos.

Reforço o que já escrevi outras vezes: a superpopulação que ocupa cargos comissionados na gestão pública é um emblema do atraso, por serem os cargos transitórios e viciados na forma grotesca com que são criados, negociados, rateados e até extinguidos, sugerindo pertencimento à esfera privada dos gestores e concatenados com escolhas político-partidárias.

A “limpeza” que precisa ser feita nas entranhas do Brasil é tão urgente quanto o é a necessidade de emergirem lideranças novas, tocadas pela urgência de se promover a educação política da população. É de autonomia e decência, no pensar e no agir, que estou a falar.

- Artigo publicado em blog de Marcelo Abdon, em 02/08/2015. Disponível em http://www.marceloabdon.com.br/default.asp?view=plink&id=50953

Postado em 02/08/2015 às 19:00

01/08/15

Bloco de notas

Publicado aos Sábados

Sua comunicação. Nosso negócio. (a palavra é: Planejamento)

Ser empreendedor nunca é uma tarefa fácil. É preciso ter muito jogo de cintura, paciência e (sem dúvida) força de vontade. Apesar de todos esses aspectos subjetivos, existe uma coisa que diferencia as pequenas empresas que têm sucesso daquelas que morrem na praia: o planejamento.

Não há dúvidas de que sem um plano de marketing consistente, nenhum negócio caminha bem. É engraçado ver como funciona a cabeça de alguns empreendedores quando tocamos neste assunto.

Muitos ainda vêem o marketing como uma despesa e não como um investimento importante como qualquer outro dentro da empresa. A impressão que isso passa é de que o tal empreendedor espera que os seus produtos e serviços sejam magicamente encontrados pelos consumidores que ele mal imagina quem são.

Pode ser por inexperiência ou então por desconhecimento, mas a verdade é que o empreendedor que não mudar sua percepção sobre a necessidade de se fazer um bom planejamento de marketing, vai ver sua pequena empresa continuar pequena por muito, muito tempo.

Ficou interessado em saber mais sobre esse processo? Ótimo. Dialogue com a AD Comunicação Integrada: 84 99919 4360 (Alderi Dantas).

Academia Assuense de Letras

Assu foi contemplado na noite da última quinta-feira, dia 30 de julho, com um momento que ficará registrado na história do município, que foi a solenidade magna ocorrida no Cine Teatro Pedro Amorim para a instalação e posse dos primeiros acadêmicos da Academia Assuense de Letras.

No tocante aos primeiros ocupantes e as respectivas cadeiras da Academia Assuense de Letras o quadro é o seguinte (Direita para esquerda na foto):

Cadeira nº 1 – Antonio Alderi Dantas; Patrono: Palmério Augusto Soares de Amorim Filho

Cadeira nº 2 – Auricéia Antunes de Lima; Patrono: Celso Dantas da Silveira

Cadeira nº 3 – Francisco de Assis Medeiros; Patrono: Francisco Augusto Caldas de Amorim – Chisquito

Cadeira nº 4 – Francisco José Costa dos Santos; Patrono: Francisco Agripino de Alcaniz – Chico Traíra

Cadeira nº 5 – Ivan Pinheiro Bezerra; Patrono: Renato Caldas

Cadeira nº 6 – Fernando Antônio Caldas; Patrono: João Lins Caldas

Cadeira nº 7 – Fernando Antônio de Sá Leitão Morais; Patrono: Silvia Filgueira de Sá Leitão.

O gol é seu, o gol é meu, o gol é nosso (XXVI)

O homem se supera em cada momento, circunstância e desafio de sua existência. Avança, inova, amplia, descobre e renasce. Tudo na vida é um novo passo. Viver é nascer continuamente; renascer incontidamente. Não é a civilização que define o homem. É o homem que sedimenta o teor e o peso de uma civilização. Sendo assim, o homem jamais pode renunciar ao seu atributo natural e legítimo de buscar, desvendar e sonhar.

Portanto, vencida as primeiras etapas e implantada a Academia Assuense de Letras, que seus acadêmicos sigam firme nos novos desafios e com o dever de identificar o que tornará essa Academia grande e intemporal, num legado vigoroso de sonhos, ideias e respeito à tradição cultural da nossa terra.

Eu, Alderi Dantas, não tenho dúvidas, que a criação da Academia Assuense de Letras é um acontecimento que reaviva uma parte da história do município do Assu, um tanto mais rica a partir deste momento. Portanto, Assu: o gol é seu, o gol é meu, o gol é nosso.

Vocação jornalística 

Tenho dito que quis o destino que eu (Alderi Dantas) ocupasse a cadeira 1 da Academia Assuense de Letras, e graças à sua generosidade, que o seu patrono fosse Palmério Filho (foto no telão ao fundo).

Palmério Filho era uma vocação jornalística. Sem nunca ter saído da sua cidade natal, sem nunca ter conhecido a imensidade azul do oceano, fez-se um dos mais primorosos jornalistas provincianos daqueles tempos. Ingressou na imprensa em 1896, com o pequeno jornal “O Estudo”, tendo, antes, colaborado em outros periódicos. Usava vários pseudônimos, notadamente Paraf.

Em 1897 publicou “A Semana” e em 1901 a “A Cidade”, semanário que circulou por quase trinta anos e que obedeceu sob sua orientação uma linha de conduta equilibrada e ordeira, fugindo aos ataques pessoais e as injunções políticas.

Eu e a Uern

Foi uma alegria receber o magnifico reitor da UERN, Pedro Fernandes, na nossa posse na Academia Assuense de Letras. E agradecido por ele ter sobreposto o meu medalhão. 

Na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), tenho uma história de estudo e aprendizagem: sou graduado em Letras – habilitação em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, graduando em Comunicação Social – habilitação em Jornalismo e servidor após aprovação em concurso público realizado no ano de 2010.

Curiosidade

Elevado a patrono de uma das cadeiras da Academia Assuense de Letras, é importante destacar uma curiosidade descrita por João Carlos Vasconcelos no livro Assú – Atenas Norte-Riograndense, das mais importantes na história de Palmério Filho: conta o autor que ele recusara fazer parte do quadro social da Academia Norte-riograndense de Letras, porque teria de ir a Natal empossar-se na cadeira.

Modéstia? Amor à sua terra? Ou pressentimento funesto? A interrogação continua. No entanto, é importante frisa que o seu irmão Otávio Amorim, falecera em Natal, a 22 de julho de 1943, vitima de atropelamento. Na foto, Enoi Amorim - representando a família de Palmério Filho - me acompanha na entrada as dependências da solenidade.

RETWEETANDO

– “Amigo Alderi Dantas, não tenho dúvida de que muito ainda fará pela nossa Atenas Norteriograndense.”, por Iza Caldas Costa Gomes

“Alderi Dantas, Ivan Pinheiro Pinheiro, Fernando De Sá Leitão. A vocês e aos demais, parabéns. Que essa iniciativa possa engrandecer e levar adiante o nome de nosso município.”, por Jean Lopes

 “Parabéns, Alderi! Fico mto feliz e grata pela sua contribuição em favor de nossa Terra. Sucesso sempre!”, por Ádala Dayane

Primeira diretoria da Academia

A Academia Assuense de Letras (AAL), associação civil de direito privado sem fins econômicos, tem por finalidade o cultivo, a preservação e a divulgação do vernáculo, da literatura, da história e da atividade cultural em seus múltiplos aspectos.

A primeira diretoria da AAL, constituída por sete membros eleitos por aclamação dentre os sócios fundadores tem como presidente Ivan Pinheiro Bezerra; vice-presidente Auricéia Antunes de Lima; 1º secretário Francisco José Costa dos Santos; 2º secretário Fernando Antônio Caldas; 1º tesoureiro Fernando Antônio de Sá Leitão Morais; 2º tesoureiro Francisco de Assis Medeiros e secretário de comunicação, Antonio Alderi Dantas.

A QUEM INTERESSAR POSSA

... Por Joacir Aquino: “Um evento marcante na história da cultura de nossa cidade. Parabéns Alderi Dantas, Ivan Pinheiro Pinheiro Bezerra, Fernando de Sá Leitão e aos demais membros da Academia Assuense de Letras! Que o trabalho de vcs gere bons frutos e seja coroado de êxito.”

Por Alderi Dantas, 01/08/2015 às 19:00

29/07/15

Assu: Feira de Negócios 2015 será lançada em agosto

A Feira de Negócios de Assu e do Vale - FENAVALE 2015 será apresentada aos parceiros e expositores em um coquetel de lançamento na próxima quarta-feira, 05 de agosto, às 19h, no Domus Recepções.

A exposição está programada para acontecer na cidade de Assu - RN, no período de 15 a 17 de outubro, dentro dos festejos alusivos ao aniversário do município e contará com uma estrutura de 150 stands comerciais, praça de alimentação, auditório para palestras e uma arena de shows.

A Feira é promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL- Assu). Outras informações sobre a FENAVALE e reserva de stands os interessados devem ligar para o telefone 3331 1014.

Por Alderi Dantas, 29/07/2015 às 23:53

Operação da Polícia Federal investiga desvios no Bolsa Família e PET no RN

Agentes da Polícia Federal no Rio Grande do Norte realizaram iniciaram nesta quarta-feria (29) a Operação Ozius, com cumprimento de mandados de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e Barra de Maxaranguape.

A operação foi deflagrada para desarticular esquema de desvios de recursos nos programas Bolsa Família e PET (Programa de Educação Tutorial), criado pelo governo federal para proporcionar a melhoria do ensino superior.

Três pessoas foram conduzidas à Superintendência da Polícia Federal em Natal, para prestar esclarecimentos.

Por Alderi Dantas, 29/07/2015 às 09:02

27/07/15

PP é o partido mais “infiel” nas votações do governo

Um levantamento feito pelo governo de todas as votações que ocorreram na Câmara e no Senado no 1º semestre, indica um alto índice de infidelidade entre os nove partidos que integraram base aliada da presidente Dilma: PT, PMDB, PCdoB, PDT, PP, PSD, PR, PRB e PROS. Entre eles, o mais infiel é o PP. As informações são do jornal O Globo.

O PP comanda um dos maiores ministérios da Esplanada, a Integração Nacional. Segundo fonte do governo, o levantamento servirá para que o Planalto “converse” com os deputados e dirigentes dos partidos.

Em 56,53% das votações os deputados do PP votaram contra o Governo. Já o senador Marcelo Crivella (PRB) votou contra o governo em 78,12% dos projetos. Ex-ministro e candidato ao governo do Rio no ano passado, Crivella teve o apoio de Dilma na eleição. Sua mudança de postura seria por orientação de seu eleitorado, considerado “conservador”.

O PMDB com sete ministros, também não fica atrás, os senadores do PMDB traíram o Planalto em mais da metade das votações: 52,33%. Os deputados foram levemente mais fiéis. Opuseram-se em 43,88% das votações.

Na Câmara e no Senado, o PDT é o 2º menos fiel. No Senado, onde a relação com o governo piorou bastante do 1º mandato de Dilma para o atual, os índices de traição variam de 78,12% a 40,62%, enquanto, na Câmara, a situação é mais favorável ao governo. Os percentuais vão de 56,53% de infidelidade no pior caso, a 22,7% no partido mais fiel.

Por Alderi Dantas, 27/07/2015 às 21:11

IFRN abre concurso para preencher 75 vagas de professor

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) abriu concurso para preencher 75 vagas de professores na carreira de Magistério de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. As inscrições vão de 6 a 21 de agosto, no site da Fucern.

As vagas são para Administração financeira (2), Biologia (1), Desenvolvimento de jogos digitais (1), Design, multimídia, construção de personagens e narrativas para jogos digitais (1), Didática (4), Educação física (5), Eletroeletrônica (3), Engenharia ambiental (1), Equipamentos biomédicos (4), Física (5), Gestão ambiental (1), Gestão organizacional, Cooperativismo, Terceiro Setor e Empreendedorismo (1), História (5), Língua espanhola (1), Língua portuguesa e literatura brasileira (6), Matemática (8), Mecânica (4), Mecatrônica (1), Mineração (4), Moda e produção de vestuário (2), Química (4), Sistemas de computação (1), Sistemas de informação (9) e Tecelagem plana e de malharia (1).

De acordo com o edital, os salários são correspondentes a uma remuneração inicial do cargo de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. O regime de trabalho é de dedicação exclusiva.

Por Alderi Dantas, 27/07/2015 às 15:19

Padre Flávio consulta bispo e família sobre candidatura em Assu

O padre Flávio Augusto Forte Melo, Vigário Geral da Diocese de Santa Luzia de Mossoró e pároco da Paróquia de São João Batista, em Assu, continua analisando o convite que lhe foi formulado no propósito de disputar a prefeitura do Assu no ano que vem.

Em entrevista ao repórter mossoroense Carlos Skarlack, o sacerdote revelou que vem num processo de consulta e nesse período já ouviu ao bispo diocesano dom Mariano Manzana, familiares, outros padres e alguns paroquianos a respeito do convite. E, acrescentou, que continua ouvindo opiniões visando tomar sua decisão.

"O que tenho que decidir agora é se após 21 anos de sacerdócio, estou pronto para esta mudança, enfrentando esse desafio. Estou ouvindo as pessoas, estou rezando para tomar essa decisão", respondeu o sacerdote salientando que tem até setembro para dar essa resposta.

Padre Flávio reforçou a informação que recebeu o convite do prefeito Ivan Júnior e do deputado estadual George Soares. Sua compreensão é que se ele aceitar receberá o apoio dos dois políticos, que são adversários entre si, mas que deverão unir forças em torno desse único projeto.

Confira a entrevista AQUI.

Por Alderi Dantas, 27/07/2015 às 00:09

26/07/15

ARTIGO

A DESTINAÇÃO DOS SEUS ESPAÇOS

Por Públio JoséJornalista

Na vida do apóstolo Pedro inúmeras passagens relatam sua rica convivência com Jesus. Entretanto, uma das mais significativas diz respeito ao início da caminhada do apóstolo com Jesus. Jesus chegara à praia e estava sem condição de falar à multidão porque “esta o apertava”. Olhando de um lado para outro, Ele divisou o barco de Pedro, naquelas circunstâncias a tribuna ideal, o púlpito perfeito. O texto bíblico não relata, mas Jesus deve ter pedido licença, permissão a Pedro para utilizar o seu barco como palanque. Naquele momento o espaço que pertencia a Pedro – o seu barco – era um elemento importantíssimo para o discurso que Jesus pretendia proferir. Pedro era tido como uma figura explosiva, sanguínea, e era de se esperar, pelo seu agir natural, que ele negasse a Jesus o seu espaço. Além do mais porque acabara de chegar de uma pescaria – pescaria, por sinal, totalmente infrutífera.

A lógica, portanto, indicaria uma recusa total de Pedro às pretensões do Mestre. A história nos informa que o futuro apóstolo estava passando por momentos empresariais dificílimos. Pedro devia impostos a Roma e o faturamento advindo da pesca, naquele tempo ainda feita em condições extremamente precárias, não vinha correspondendo às suas expectativas. Entretanto, Pedro acedeu. Abriu seu espaço físico para a pregação da palavra de Jesus. Este foi um momento importante, demarcatório na sua vida. No primeiro contato com Jesus ele aceitou interagir, colaborar. A narração está contida na Bíblia, em Lucas 5, do versículo 1 ao 13. Mas, o mais importante não foi somente Pedro emprestar seu barco a Jesus – foi também abrir coração e mente para o conteúdo do que Jesus falava e, conseqüentemente, aceitar, na sua lógica, a essência do discurso proferido.

Depois de ouvir a Jesus pela primeira vez Pedro nunca mais foi o mesmo. De início foi testemunha e alvo principal de um milagre promovido pelo Mestre. Após emitir a sua fala, Jesus – sabedor das extremas dificuldades empresariais que ele enfrentava – se volta para Pedro e lhe ordena que se faça ao largo e lance as redes ao mar. Ainda impactado pelo discurso que ouvira minutos atrás, Pedro faz uma declaração de fé ao afirmar: “Mestre, havendo trabalhado toda à noite, nada apanhamos, mas sob a tua palavra lançarei as redes”. O resultado é por demais conhecido. As redes ao serem trazidas à tona estavam abarrotadas de peixe, e, de tão pesadas, quase que se romperam, necessitando da ajuda de outros pescadores que estavam próximos. Foi um caso típico de superprodução inesperada.... Pedro, assim, sentiu na própria pele o resultado da abertura de seus espaços para Jesus.

Em nossas vidas nós também temos nossos espaços a administrar, a preencher. A questão é saber com que tipo de proposta, de discurso nossos espaços estão sendo preenchidos. A nossa residência é um espaço importantíssimo; nossa mente, a família, ambiente de trabalho, o ambiente social que habitamos – enfim, as áreas ao nosso redor que influenciamos, mas também os espaços, sob nossa responsabilidade, que sofrem influências externas, influências de outrem. Pedro poderia ter negado seu espaço a Jesus. E aí, o que teria acontecido? A pesca tão frutífera, que quase afunda o barco e quase rasga as redes, teria ocorrido? Certamente o Evangelho de Jesus teria de ter uma outra redação, um outro desfecho. Pedro cedeu seu espaço físico e mental para Jesus. É hora, então, de se perguntar: com que tipo de conteúdo nós estamos preenchendo nossos espaços físicos, mentais e espirituais?

Em certos ambientes só se fala em dinheiro; em outros é a ascensão social, política e empresarial que ocupa todos os momentos. Para certas pessoas o importante é curtir futilidades, superficialidades. Um grupo, extremamente numeroso, é integrado por gente que não pensa em outra coisa que não tenha um forte peso material. E a salvação? Poucos se preocupam em buscar uma explicação para esse fenômeno espiritual que irá marcar nossas vidas para a eternidade. Para a grande maioria o imediatismo é que importa, com a vantagem correspondente. Outros estão ocupando seus espaços com crimes, mortes, sequestros, corrupção. Para alguns o se prostituir é a atividade ideal, compensadora. Pedro destinou todos os seus espaços a Jesus. Deu-se bem, fez história. Resta saber, a essas alturas, se é positiva ou não a destinação que estamos dando aos nossos espaços. Não já está na hora de refletir?

Postado em 26/07/2015 às 12:00

25/07/15

Bloco de notas

Publicado aos Sábados

Sua comunicação. Nosso negócio

Quero lhe fazer 3 importantes perguntas sobre a gestão de conteúdo da sua marca nas mídias sociais:

1 – Você sabe como desenvolver um CONTEÚDO de excelência nas mídias sociais?

2 – Quais histórias a sua marca deve contar nas mídias sociais?

3 – Como identificar os melhores conteúdos e torná-los atrativos para o seu público de interesse nas mídias sociais?

Essas são perguntas cruciais para uma marca nas mídias sociais. Ficou interessado em saber mais sobre esse processo? Ótimo. Dialogue com a AD Comunicação Integrada: 84 99919 4360 (Alderi Dantas).

Prefeituras

Depois do anúncio do ministro Joaquim Levy sobre redução da meta de superávit primário e do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), e do corte adicional no orçamento deste ano, a Confederação Nacional dos Municípios fez as contas e chegou à conclusão de que a tesourada vai tirar R$ 1,87 bilhão do repasse que estava previsto para as prefeituras em 2015, via Fundo de Participação. Sinta só o drama: esse valor é duas vezes maior que o repasse extra de 0,5% - R$ 946 milhões - instituído pela Emenda Constitucional 84/2014 e pago no início de julho pelo Tesouro Nacional.

O gol é seu, o gol é meu, o gol é nosso (XXV)

A solenidade magna de instalação e posse dos primeiros acadêmicos da Academia Assuense de Letras está marcada para a próxima quinta-feira, dia 30 de julho, ás 19h30, no Cine Teatro Pedro Amorim. Associação civil, de direito privado sem fins econômicos, a Academia tem por finalidade o cultivo, a preservação e a divulgação do vernáculo, da literatura, da história e da atividade cultural em seus múltiplos aspectos.

No tocante aos primeiros ocupantes e as respectivas cadeiras da Academia Assuense de Letras o quadro é o seguinte:

Cadeira nº 1 – Antonio Alderi Dantas; Patrono: Palmério Augusto Soares de Amorim Filho

Cadeira nº 2 – Auricéia Antunes de Lima; Patrono: Celso Dantas da Silveira

Cadeira nº 3 – Francisco de Assis Medeiros; Patrono: Francisco Augusto Caldas de Amorim – Chisquito

Cadeira nº 4 – Francisco José Costa dos Santos; Patrono: Francisco Agripino de Alcaniz – Chico Traíra

Cadeira nº 5 – Ivan Pinheiro Bezerra; Patrono: Renato Caldas

Cadeira nº 6 – Fernando Antônio Caldas; Patrono: João Lins Caldas

Cadeira nº 7 – Fernando Antônio de Sá Leitão Morais; Patrono: Silvia Filgueira de Sá Leitão.

Os demais nomes escolhidos como patronos para as 20 primeiras cadeiras cujos titulares serão escolhidos entre os futuros sócios são: Alfredo Vespúcio Simonetti, Eufrosina Fernandes, Ezequiel Epaminondas da Fonseca Filho, Ezequiel Lins Wanderley, Francisco Ângelo da Costa – Chico Daniel, Francisco Elion Caldas Nobre, João Carlos Wanderley, João Natanael Soares de Macêdo, Luiz Carlos Lins Wanderley, Maria Carolina Wanderley Caldas – Sinhazina Wanderley; Maria Eugênia Maceira Montenegro; Pedro Soares de Araújo Amorim; Samuel Sandoval da Fonseca.

Sem dúvidas, a criação da Academia Assuense de Letras é um acontecimento que reaviva uma parte da história do município do Assu, um tanto mais rica a partir deste momento. Portanto, Assu: o gol é seu, o gol é meu, o gol é nosso.

Jornada Internacional de Alfabetização

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) organiza, nos dias 2 a 4 de setembro, a I Jornada Internacional de Alfabetização. A jornada inclui três eventos relacionados à educação: a III Jornada Nacional de Alfabetização, a III Jornada de Educação, leitura e Neurociências e a XI Jornada de Alfabetização.

O evento objetiva contribuir para a discussão dos desafios brasileiros na área da alfabetização com foco nas discussões relacionadas a interação entre a decodificação, a compreensão leitora, a produção escrita e a ciência.

As inscrições e a programação completa podem ser acessadas no site: AQUI.

Eliminatórias

Campeão da Copa América, o Chile será o adversário do Brasil na abertura das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. O sorteio ocorreu neste sábado (25), pela Fifa, em São Petersburgo, uma das sedes da Copa de 2018, o desenho das Eliminatórias em todo o mundo e apontou que a primeira rodada do torneio sul-americano ainda contará como Argentina x Equador e Colômbia x Peru.

As eliminatórias serão o mais importante desafio da Seleção depois da derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal do último Mundial, ocorrido no Brasil. Assim, conseguir uma vaga para ir à Rússia daqui a três anos e se manter como único país a disputar todas as Copas do Mundo é a meta. O Brasil lutará por uma das quatro vagas diretas a que tem direito a América do Sul. As 10 seleções jogarão entre si, em ida e volta, sob o sistema de pontos corridos. A quinta colocada ainda poderá tentar vaga numa repescagem, em confrontos com equipes de outros continentes.

Ex-governador do RN é preso

O ex-governador do Rio Grande do Norte Fernando Freire, condenado a 13 anos e quatro meses de prisão por desvio de recursos públicos, foi preso neste sábado (25) na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria de Segurança (Seseg) do Rio de Janeiro, Fernando Freire estava foragido da Justiça desde 2014 e tem contra ele quatro mandados de prisão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

De acordo com o Ministério Público (MP), Fernando Freire comandou, de 1995 a 2002, enquanto estava no exercício dos cargos de vice-governador e governador do estado do Rio Grande do Norte, um esquema de desvio de recursos do erário estadual. O MP indicou que houve concessão fraudulenta de gratificação de gabinete em nome de diversas pessoas.

As apurações do MP apontaram, que, na maioria, as pessoas beneficiadas pelas gratificações não sabiam que estavam na folha de pagamento do estado. A inclusão, segundo o órgão, era para que terceiros recebessem os valores.

RETWEETANDO

“Toda "reportagem" sobre a Cracolândia omite o dado mais relevante: com o Braços Abertos, o fluxo de dependentes químicos foi reduzido em 80%.”, por Fernando Haddad ‏@Haddad_Fernando

“Fazer reforma política s/reformar os políticos adianta alguma coisa?”, por André Trigueiro ‏@andretrig

“Mudança BRUSCA no poder de EDUARDO CUNHA. Da capa da veja onde gritava "EU TENHO A FORÇA" à pré-denúncia de Janot:"EU me manTENHO À FORÇA", por Joaquim Crispiniano ‏@CrispinianoNeto

Soldado da PM

Publicado na edição deste sábado (25) do Diário Oficial do Estado (DOE) o resultado final do exame de saúde do concurso público para soldado da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Os candidatos considerados aptos, num total de 697 dos 824 aprovados, estão sendo convocados para apresentarem os documentos exigidos para efetivação da matrícula no curso de Formação de Soldados.

Para o 10º Batalhão de Polícia Militar com sede em Assu, um total de 4 candidatos estão aptos dentro da convocação.

Confira AQUI outras informações e a relação dos candidatos aptos.

A QUEM INTERESSAR POSSA

... Por Sêneca: “Não é porque certas coisas são difíceis que nós não ousamos; é justamente porque não ousamos que tais coisas são difíceis.”

Por Alderi Dantas, 25/07/2015 às 12:00

23/07/15

Caixa vai leiloar 187 imóveis do RN no dia 30 de julho

A Caixa Econômica Federal vai leiloar 187 imóveis que recebeu como garantias em contratos inadimplentes de “Alienação Fiduciária” no Rio Grande do Norte. O leilão está marcado para 30 de julho. Os imóveis estão distribuídos em 33 municípios - a maioria deles em Parnamirim (28), Itajá (16), Ceará Mirim (15), Tenente Laurentino Cruz (15), Assu (15), Florânia (13) e Natal (12). Serão ofertados, ao todo, 22 apartamentos, 159 casas, 2 Prédios Comerciais, 1 Fazenda e 2 Terrenos.

Os editais, com mais informações sobre os “lotes”, estão disponíveis na internet, nas páginas da Caixa (http://www1.caixa.gov.br/Simov/busca-licitacoes.asp) e da empresa (http://www.rjleiloes.com.br/lotes/lista_lotes/243), que conduzirá o leilão por meio do leiloeiro oficial Roberto Alexandre Neves Filho.

O leilão será realizado a partir das 9h do dia 30, no auditório do Hotel Maine, na Av. Senador Salgado Filho, 1791, Lagoa Nova, em Natal. Para participar, os interessados podem ofertar seus lances presencialmente, no próprio dia 30, ou online, através de cadastro realizado com antecedência de 24 horas do início do leilão, pelo site www.rjleiloes.com.br.

Por Alderi Dantas, 22/07/2015 às 22:21

Lei determina a execução do Hino Nacional em eventos desportivos no RN

Aprovada e publicada a Lei 9.958, de 20 de julho de 2015, que determina que todos os eventos desportivos públicos e privados realizados no Estado do Rio Grande do Norte executem obrigatoriamente o Hino Nacional, sendo facultada e execução somente da primeira parte do Hino.

A iniciativa da Lei é do Programa Brasileiro de Educação Cidadã - Probec em posição de destaque no cenário nacional, por fomentar o respeito e o amor à Pátria nos eventos esportivos realizados em solo potiguar. O deputado estadual Ricardo Motta foi o proponente.

Por Alderi Dantas, 23/07/2015 às 21:59

Servidores federais marcam assembléia para decidir dia 29 sobre greve nacional

Os servidores públicos federais farão assembleia na próxima quarta-feira (29) para discutir a proposta de reajuste salarial feita pelo governo e decidir se aderem ou não à greve nacional.

Os servidores querem reajuste salarial de 27,3% no ano que vem, e a proposta do governo é 21,3% parcelados em quatro anos. A perspectiva é de que o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão vai se reunir com as categorias de servidores e deverá dar uma resposta às reivindicações até a terça-feira (28). 

Entre as categorias que já entraram em greve estão os funcionários da Previdência Social, professores universitários e integrantes dos quadros técnico-administrativos das instituições federais de ensino superior.

Por Alderi Dantas, 23/07/2015 às 18:30

22/07/15

Assu recebe Mostra do Festival Internacional de Cinema do Sesc

Assu recebe a partir desta quinta-feira (23) a mostra itinerante do Festival Internacional de Cinema 'Nueva Mirada'. A realização é do Sesc/Fecomércio e prefeitura do Assu por meio da secretaria municipal de Educação e Cultura, com o apoio do Cine Teatro Pedro Amorim, local da exibição dos filmes.

Segundo o coordenador do Cine Teatro, Renato Wanderley, a programação conta nesta quinta-feira (23), às 19h, a exibição de ‘O dia que durou 21 anos’. Nesta sexta-feira (24), às 19h30, será a vez do filme ‘Românticos Anônimos’. Já no sábado (25) a exibição do filme ‘Amor’, às 19h30.

Por Alderi Dantas, 22/07/2015 às 23:19

Campus da UERN/Assu forma os primeiros alunos do Mestrado Profissional em Letras

O Campus Avançado “Prefeito Walter de Sá Leitão”, em Assu, registrou um momento especial na sua história acadêmica nesta terça-feira, 21 de julho. Os primeiros alunos do Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS), iniciaram as defesas de suas dissertações.

Coordenado pela professora Cássia de Fátima Matos dos Santos, o PROFLETRAS de Assu está formando dez alunos em sua primeira turma.

Cumprindo agenda em Assu, o Reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto parabenizou o corpo docente e discente do PROFLETRAS, ressaltando a importância da capacitação. “O que o país mais precisa é de profissionais capacitados e que tenham conhecimento de sua região”, destacou Pedro Fernandes.

A maratona de apresentação de pesquisas começa com os mestrandos Cleber Luiz de Sousa Lima e Priscila do Vale Silva Medeiros.

O trabalho dele tem como título “Diversidade cultural e relações étnico- raciais: os gêneros discursivos e as ações afirmativas na escola”. Já o da mestranda chama-se “Escritas da memória: fomento à leitura e à escrita nas (re) construções da identidade com o gênero memórias literárias”.

Em Assu, o reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto participou de uma reunião com a presença do prefeito Ivan Júnior. Em pauta, melhorias para o Campus de Assu, além de propostas de estágio e outras parcerias que visam o desenvolvimento da região de Assu.

Por Alderi Dantas, 22/07/2015 às 19:00 -  Com informações da Agecom/UERN 

Assembleia Legislativa terá concurso de 30 vagas para segurança

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vai abrir concurso público para contratação de 30 agentes que vão compor a Coordenadoria da Polícia Legislativa. O Projeto de Resolução nº 022/2015, que cria a polícia própria para a Assembleia, será votado no retorno do recesso parlamentar.

Segundo o secretário geral da Assembleia, Augusto Carlos Viveiros, os trâmites para a implantação da Polícia Legislativa devem durar entre seis meses e um ano, depois que a Resolução for aprovada em plenário da Assembleia. Os deputados voltam do recesso no próximo dia 3 de agosto. Um decreto do Governo do Estado determina que os cerca de 800 policiais militares cedidos aos diversos órgãos da administração pública devem ser devolvido até o final do mês. Por causa disso, a Assembleia decidiu acelerar a criação do projeto de resolução que cria a Polícia Legislativa.

Augusto Carlos Viveiros explicou que a Assembleia Legislativa só vai devolver os policiais no último dia do prazo determinado pelo Governo. E, por enquanto, a Assembleia vai contratar serviço privado de vigilância armada que vai custar R$ 45 mil mensais.

O projeto de Resolução nº 022/2015, processo 1713/2015, prevê abertura de concurso público para contratação de 30 agentes com salários que variam de R$ 3.150,00 a R$ 4.500,00.

Por Alderi Dantas, 22/07/2015 às 18:51

20/07/15

Caern suspende abastecimento de Assu e mais 13 cidades por 24h

Uma inspeção na estrutura da tomada d’água no rio Açu, que abastece a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório de água do Rio Grande do Norte, deixará 14 cidades desabastecidas por 24h. A ação será realizada nesta quarta-feira (22) pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

De acordo com Antônio de Pádua, gerente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) na região do Vale do Açu, os municípios que terão abastecimento suspenso, são: Macau, Guamaré, Assu, Carnaubais, Alto do Rodrigues, Pendências, Angicos,Fernando Pedroza, Pedro Avelino, Caiçara do Rio do Vento, Lajes, Jardim de Angicos,Pedra Preta e Riachuelo.

Os municípios afetados são abastecidos através do canal do Pataxó e das adutoras Jerônimo Rosado e Sertão Central Cabugi, que terão o funcionamento suspenso em virtude do fechamento das comportas da barragem, necessário para a realização da inspeção do Dnocs.

A Caern também informou que o fechamento de comportas também vai comprometer o abastecimento de 30% da cidade de Mossoró e algumas comunidades rurais. O fornecimento de água às regiões afetadas ficará comprometido durante 24h, tempo necessário para a água completar o trajeto das adutoras.

Por Alderi Dantas, 20/07/2015 às 13:31